NOTÍCIAS

Saae/Sorocaba Sorocaba registra evolução no índice de perdas de água em 10 anos – Agência de Notícias

 

Com todas as ações e investimentos realizados pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba, o município tem evoluído na redução dos índices de perdas no sistema de abastecimento de água ao longo dos últimos dez anos. Em 2015, o percentual era de 41,3%, sendo que em 2024 o resultado preliminar, até o momento, chegou a 34,67%.

O porcentual é composto pelas perdas reais propriamente ditas, ou seja, escapes de água, mais as perdas aparentes, isto é, decorrentes de submedição, erro no medidor/hidrômetro ou ligações clandestinas, por exemplo. Conforme dados oficiais do último relatório do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), do Ministério do Desenvolvimento Regional, ano 2022, a média nacional do percentual de perdas totais é de 37,80%.

Em 2016, o percentual em Sorocaba foi de 40,95%; em 2017, 36,77%; em 2018, 37,46%; 2019, 36,21%; 2020, 36,07%; 2021, 33,78%, e em 2022, 35,81%. Destaca-se a redução significativa que ocorreu de 2020 para 2021, justamente período de grande impacto pela pandemia do Covid-19. Mais que isso, desde a intensificação dos trabalhos, durante a crise hídrica do Estado de São Paulo, de 2020 até junho de 2024, constatou-se impacto na diminuição do desperdício de água em Sorocaba.

Segundo o Saae/Sorocaba, para o novo relatório do SNIS, ano 2023, que será divulgado em dezembro deste ano, o percentual de perdas totais de Sorocaba será de 34,96%, sendo o somatório aproximado de 17,46% das perdas reais e 17,5% das perdas aparentes.

A melhoria desse índice em Sorocaba é resultante, sobretudo, da intensificação dos últimos anos das ações do Programa Permanente de Controle e Redução de Perdas, em operação desde 2017.

O programa é subdividido em vertentes: Setorização; Implantação de Macromedidores; Implantação de Válvulas Reguladoras de Pressão; Georreferenciamento do cadastro técnico de redes; Integração do Cadastro Técnico com o Comercial; Combate às Perdas Reais, com a realização de pesquisas de vazamentos não visíveis, controle e redução dos tempos de execução dos reparos de vazamentos, e Combate às Perdas Aparentes, com a melhoria da micromedição, por meio da troca de hidrômetros, reduzindo a idade média do parque, combate às fraudes e ligações clandestinas, regularização do consumo em áreas irregulares.

Para que os índices continuem a cair, uma série de ações estão planejadas para os próximos anos, envolvendo: Elaboração de Projetos de Setorização; Criação de Distritos de Medição e Controle (DMC’s); Implantação de Macromedidores; Implantação de Válvulas Reguladoras de Pressão; Gestão ativa da manutenção de vazamentos, visando a redução do tempo de atendimento; Intensificação dos Trabalhos de Pesquisa de Vazamentos não visíveis; Ampliação do Sistema de Telemetria para Controle Operacional do Sistema; Implantação de Georreferenciamento do Cadastro Técnico de redes; Troca seletiva/inteligente de hidrômetros que apresentam desgastes e inconsistências em suas operações e Regularização do consumo em áreas de ocupação irregular.

Com relação ao sistema de abastecimento de abastecimento de água, ele atende a quase 100% da população (índice atual é de 99%). Os três sistemas produtores (Estação de Tratamento de Água – ETA – Cerrado, ETA Vitória Régia e ETA Éden) estão integrados, e dessa forma, é possível realizar manobras entre os centros de distribuição e garantir o abastecimento independente da fonte produtora ou de variação da qualidade/quantidade dos mananciais.

As ETAs de Sorocaba têm capacidade de tratamento de água para atender a demanda atual e por mais, no mínimo, 15 anos, mantendo-se o vetor de crescimento atual. O cenário se mantém positivo e o Saae/Sorocaba segue monitorando os dados de consumo e níveis das suas represas diariamente.

 

Economia de água

O trabalho de conscientização do Saae/Sorocaba é constante e consiste, também, dentre outras ações, em visitas porta a porta nas residências, com abordagem e orientação aos munícipes sobre possíveis situações de desperdício, além da entrega de folheto educativo, com dicas e instruções.

O Saae/Sorocaba considera que o consumo consciente da água pela população é fundamental, sempre, para a preservação dos mananciais hídricos do município, independentemente da época do ano. De forma rotineira, a autarquia orienta a população no sentido de que continue evitando o desperdício de água. As principais dicas são:

– Fechar bem as torneiras após o uso e enquanto escova os dentes ou faz a barba;

– Evitar banhos demorados;

– Antes de lavar a louça, remover restos de comida dos pratos e das panelas, deixando-os de molho;

– Evitar lavar as calçadas e o carro com mangueira;

– Molhar as plantas ao entardecer ou amanhecer, quando o sol é mais ameno;

– Utilizar a capacidade máxima da máquina de lavar roupas e ficar atento a possíveis vazamentos em pias, chuveiros e vasos sanitários.

Ações simples, como essas, adotadas no dia a dia e que contribuem para o uso consciente da água, estão disponibilizadas pelo Saae/Sorocaba em um folheto explicativo completo, que pode ser acessado pelo link: https://www.saaesorocaba.com.br/arquivos/panfletos/economia-de-agua-de-um-banho-de-inteligencia.pdf.

A autarquia, inclusive, disponibiliza uma ferramenta para que a população tenha melhor avaliação e controle do consumo residencial de água. A Calculadora de Consumo de Água pode ser acessada on-line, pelo link: https://www.saaesorocaba.com.br/calculadora-de-consumo-de-agua/ .