NOTÍCIAS

Violência sexual é tema de palestra para profissionais de assistência social em Limeira – Notícia de Limeira

Compartilhe

 A iniciativa marca as ações referentes ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes

 O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) de Limeira vai realizar palestras de conscientização sobre violência sexual contra crianças e adolescentes. A atividade é voltada aos profissionais que atuam nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). “A iniciativa marca as ações referentes ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, celebrado neste 18 de maio”, explica a presidente do Ceprosom, Maria Aucélia Damaceno.

 As palestras serão coordenadas pela equipe do Programa de Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi) do Creas. O primeiro encontro está agendado para o dia 25, às 8h30, no Cras Marilena Pinto Ramalho, na Vila Queiroz. O trabalho vai continuar durante o mês de junho em outros Cras.

 A violência sexual pode ocorrer de duas formas, o abuso e a exploração sexual. O abuso é a utilização do corpo da criança ou adolescente para a prática de qualquer ato de natureza sexual. Já a exploração sexual caracteriza-se pela utilização sexual de crianças e adolescentes com intenção de lucro ou troca, financeira ou de qualquer outra espécie. “Atualmente, temos 19 famílias acompanhadas pelo Creas, elas foram encaminhadas por suspeita de abuso sexual de crianças/adolescentes”, salienta a coordenadora do Creas, Joice Campos.

 Denúncias podem ser encaminhadas ao Conselho Tutelar, à Delegacia de Defesa da Mulher ou ao “Disque 100” – a ligação é gratuita e anônima.

 VÍDEOS

 A Prefeitura de Limeira divulga a partir de hoje (18) em suas redes sociais uma série de vídeos com o objetivo de alertar a população sobre a necessidade de prevenção à violência sexual de crianças e adolescentes. A produção, realizada por meio do Ceprosom com apoio do Cedeca, mostra entrevistas com especialistas da área e traz informações sobre os tipos de violência, como identificar os casos e como procurar ajuda. (Da redação portal Notícia de Limeira)

Compartilhe

Comentários

comentários