NOTÍCIAS

Atendimento a pessoas em situação de rua é intensificado a partir desta quarta-feira em Limeira – Notícia de Limeira

Compartilhe

 A ação, determinada pelo prefeito Mario Botion, segue nos meses de junho e julho por conta das baixas temperaturas

 O Ceprosom (Centro de Promoção Social Municipal), com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), Defesa Civil e Polícia Militar, vai intensificar a partir desta quarta-feira (18) as abordagens sociais à noite para pessoas em situação de rua. A ação, determinada pelo prefeito Mario Botion, segue nos meses de junho e julho por conta das baixas temperaturas. “A intervenção do Poder Público nessa questão, por meio do nosso serviço de assistência social, se faz de extrema necessidade”, afirma o prefeito. “Temos que acolher todas essas pessoas que se encontram em situação de rua”, completa Botion.

 No momento da abordagem são oferecidos os serviços disponíveis no município, tanto para o acolhimento no período noturno como durante o dia. Os abordados podem ser encaminhados para o Centro de Acolhida.

 O espaço normalmente atende uma média de 20 pessoas por noite, mas tem capacidade para 50. Se for necessário, a quantidade de vagas será ampliada em outros espaços. “Todos os acolhidos têm cama, cobertores, roupas limpas, banho quente e refeições, disponibilizadas pelo município. Caso algum usuário tenha cachorros, o pet também será abrigado”, explica a presidente do Ceprosom, Maria Aucélia Damaceno.

 Caso a população encontre alguém em situação de rua à noite, pode acionar a Defesa Civil, por meio do 199, ou a GCM no 153, para que a equipe de abordagem realize o atendimento.

 Durante o dia, das 8h às 17h, as ligações podem ser feitas para os telefones dos serviços de acolhida 3446-8333 ou 3442-4602. “Se a pessoa quiser sair das ruas, fazemos o encaminhamento para o Centro de Atendimento à População de Rua (Centro Pop), e, posteriormente, para a Casa de Convivência”, salienta a diretora de Proteção Social, Leia Serrano.

 SERVIÇOS

 O Centro de Acolhida, localizado na Rua Capitão Bernardes, é destinado para pernoite, higiene pessoal e alimentação. A Casa de Convivência, no Recanto Alvorada, é um espaço voltado às pessoas que aceitam sair das ruas e precisam de um local para morar.

 Já no Centro Pop, no Jardim Ibirapuera, que funciona durante o dia, o usuário pode lavar suas roupas, fazer a higiene pessoal, passar por atendimento social e se alimentar. (Da redação portal Notícia de Limeira)

Compartilhe

Comentários

comentários