NOTÍCIAS

Prefeito de Limeira sanciona lei que cria Cartão Move Mulher – Notícia de Limeira

Compartilhe

 A iniciativa prevê a concessão eventual de passagens de ônibus gratuitas às mulheres vítimas de violência

 O prefeito Mario Botion sancionou nesta terça-feira (26) a lei que institui o “Programa Auxílio Passagem – Cartão Move Mulher”. A iniciativa prevê a concessão eventual de passagens de ônibus gratuitas às mulheres vítimas de violência, em viagens urbanas, intermunicipais ou interestaduais, para que elas tenham acesso a programas de apoio. “Esse benefício é essencial para garantirmos o direito ao acolhimento e ao acompanhamento dos serviços públicos às mulheres em situação de violência”, destacou Botion.

 O projeto de criação do benefício foi encaminhado pela prefeitura à Câmara Municipal. A vice-prefeita Erika Tank havia sugerido a proposta junto ao prefeito. O texto foi aprovado por todos os 19 vereadores presentes ao Plenário, na sessão do dia 18. Hoje, a propositura retornou ao Executivo para sanção do prefeito. A íntegra da lei poderá ser conferida na edição de amanhã (27) do Jornal Oficial, disponível no site da prefeitura (www.limeira.sp.gov.br).

 Segundo a vice-prefeita, o objetivo da lei é garantir recursos para o deslocamento das mulheres assistidas que se encontrem em situação de violência e vulnerabilidade econômica ou social até os locais de atendimento dos serviços da Rede Elza Tank. “Acompanhei o trâmite do projeto na Câmara devido à importância do assunto”, afirmou Erika Tank.

 “Avançamos mais um passo para o real atendimento à mulher vítima de violência. Agradeço ao prefeito Mario Botion e a toda equipe técnica do Ceprosom”, completou a vice-prefeita.

 A implantação do programa será coordenada pelo Ceprosom, que atestará a situação de vulnerabilidade econômica e social vivenciada pela mulher. Já o cartão será concedido às mulheres atendidas pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), pela Casa da Mulher ou pela Casa de Convivência. (Da redação portal Notícia de Limeira)

Compartilhe

Comentários

comentários