NOTÍCIAS

Idalina Santos Amorim e Antônio Alves Amorim vão denominar ruas em Limeira – Notícia de Limeira

Compartilhe

 Iniciativa de projetos de lei foram dos vereadores Betinho Neves e Everton Ferreira

 Os nomes do casal Antônio Alves Amorim e Idalina Santos Amorim vão ser imortalizados em duas ruas da cidade, após a aprovação dos Projetos de Lei Nº 31/2022 e Nº 32/2022, ambos de iniciativa dos vereadores Betinho Neves (PV) e Everton Ferreira (PSD), na sessão ordinária da Câmara na última segunda-feira (18). Os homenageados foram casados por 42 anos.

 Os projetos seguem para sanção do prefeito. Após promulgado e publicado no Jornal Oficial do Município, se tornarão leis.

 O Projeto de Lei Nº 31/2022 vai denominar de Idalina Santos Amorim a Rua Projetada 28, do loteamento Novos Bandeirantes.

 A homenageada nasceu em Itaberaba (BA), em 1919. O casal teve cinco filhos, dos quais quatro estabeleceram residência em Limeira. Em 1989, a filha Raimunda Amorim dos Santos se mudou para Limeira e, mais tarde, o casal Idalina e Antônio também se estabeleceram na cidade, junto com outros parentes e amigos. Aos 89 anos, ela ficou viúva.

 “Ela foi uma mulher fiel, do lar, educou os seus filhos e os preparou para enfrentarem os desafios da vida. Foi uma mulher temente a Deus e cumpridora de suas obrigações perante a sociedade. A família Amorim percebeu que Limeira seria a cidade ideal para o desenvolvimento dos seus descendentes. Em Limeira seus parentes trabalharam, estudaram, se graduaram em Engenharia, Direito, Administração, Turismo e Filosofia”, justificaram os vereadores.

 A homenageada faleceu em 4 de fevereiro de 2008.

 Já o Projeto de Lei Nº 32/2022 vai denominar de Antônio Alves Amorim a Rua Projetada 26, do loteamento Novos Bandeirantes.

 Nascido também em Itaberaba (BA), em 12 de maio de 1915, o homenageado exercia funções eclesiásticas como presbítero da Igreja Assembleia de Deus e foi pastor em outras congregações, destacou a proposição. “Foi um homem íntegro, cumpridor das suas obrigações perante a Deus e a sociedade”, anotaram os parlamentares.

 Ele faleceu em 22 de julho de 2004. (Da redação portal Notícia de Limeira)

Compartilhe

Comentários

comentários