NOTÍCIAS

Limeira inicia campanha de vacinação contra o sarampo nesta segunda-feira – Notícia de Limeira

Compartilhe

 A vacinação será direcionada aos trabalhadores da saúde que estão com o esquema vacinal incompleto

 A Campanha Nacional contra o Sarampo começa na segunda-feira (4), em Limeira. Conforme o Ministério da Saúde, neste primeiro momento, a vacinação será direcionada aos trabalhadores da saúde que estão com o esquema vacinal (de duas doses) incompleto ou não se vacinaram. Segundo a Secretaria de Saúde, todos os trabalhadores da saúde devem tomar duas doses contra o sarampo.

 A vacinação estará disponível em oito locais: UBS Abílio Pedro, UBS Tatu, UBS Cecap, UBS Graminha, UBS Dores 2, UBS Nova Limeira, UBS Nova Suíça e Vigilância Epidemiológica. É preciso apresentar CPF, cartão SUS e Carteira de Vacinação.

 Chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, Amélia Maria P. da Silva explica que o sarampo é uma doença grave, que pode levar a óbito. “Essa doença esteve controlada por muitos anos, mas desde 2018, houve um aumento de casos. Diante disso e da baixa cobertura de vacinação, o Ministério da Saúde desenvolveu essa campanha com o intuito de fortalecer a proteção contra o sarampo”, ressalta Amélia.

 Em 2019, Limeira registrou 54 casos confirmados de sarampo, incluindo a morte de uma criança de 1 ano e 10 meses. Contudo, desde 2020, o município não confirmou novos casos. “É importante que a população, em especial os trabalhadores da saúde e as crianças, mantenham a vacinação em dia para impedir a circulação do vírus”, enfatiza o diretor de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari.

 Na sequência, em 2 de maio, o cronograma da campanha do Ministério da Saúde prevê a vacinação contra o sarampo para crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Nesse caso, mesmo as crianças que já tenham tomado as duas doses da tríplice viral, devem ser vacinadas na campanha deste ano. Também é necessário apresentar os documentos pessoais e a Carteira de Vacinação. (Da redação portal Notícia de Limeira)

Compartilhe

Comentários

comentários