NOTÍCIAS

Morte da atriz que fez Bebel em ‘A Grande Família’ revela reclusão e esquecimento

Todos anos muitas pessoas acabam morrendo de diversas formas, algumas naturalmente, pela idade muito avançada, como é a lei da natureza, outras de forma trágica ou até mesmo vítimas de doenças graves. Porém no mundo dos famosos essas mortes chamam muito atenção e tem sido bem frequentes ultimamente.

Como a que aconteceu nessa última terça feira dia 29 de março deixando muitos fãs de coração partido, pois foi o caso de uma das estrelas da antiga série A Grande Família, produzida e exibida pela emissora Rede Globo. A série teve duas versões, e a mais recente saiu do ar há poucos anos.

Morre primeira BEBEL

Conhecida por dar vida à personagem Bebel na primeira temporada de “A Grande Família”, a atriz Djenane Machado faleceu na última terça-feira, 29, aos 70 anos. A causa da morte não foi informada.

Filha do “Rei da Noite”, como o diretor Carlos Machado era conhecido no Rio de Janeiro, a atriz estreou na televisão em 1968, onde interpretou a personagem Hannah na novela “Passo dos Ventos”, de Janete Clair, que era estrelada por Carlos Alberto Soares e Glória Menezes.

No ano seguinte, em 1969, Djenane participou de três telenovelas pela Rede Globo: “Rosa Rebelde”, “A Ponte dos Suspiros” e “Véu de Noiva”; além de participar de um filme: “A Penúltima Donzela”.

 

Em 1971, Djenane Machado teve o grande ápice de sua carreira ao viver Lucinha Esparadrapo em “O Cafona”. Pelo papel, acabou sendo chamada para ser a Bebel da primeira edição de “A Grande Família”.

Entretanto, segundo o jornal O Globo, problemas nos bastidores da produção fizeram ela ser trocada após a primeira temporada da produção inspirada em “All in the Family”. Em seu lugar entrou a atriz Maria Cristina Nunes.

Ainda na década de 1970, Machado integrou o elenco de algumas pornochanchadas. Em 1984 atuou no filme “Águia na cabeça” e “Ópera do Malandro” (1986). Seu último trabalho na televisão foi em 1992, na novela “Novo Amor”.

Djenane Machado deixou de lado sua carreira após a morte de seu pai naquele ano. Ela passou a lutar contra as drogas e o álcool. Longe dos holofotes, ela vivia em Copacabana, no Rio de Janeiro. A atriz não tinha filhos.

A atual perda foi de Djenane Machado, ela interpretou a primeira Bebel, na primeira série da Grande Família, em 1972, a atriz veio a falecer hoje aos 70 anos de idade, ela não tinha filhos e a causa da morte ainda não foi revelada também.

 

Confira quais foram os trabalhos dela na televisão brasileira. Djenane era filha do produtor e diretor de espetáculos musicais Carlos Machado (1908-1992), o ‘Rei das noites Cariocas’. Ela estreou na televisão em “Passo dos Ventos” (1968). Logo após, a atriz atuou em “Rosa rebelde” (1969), “A ponte dos suspiros” (1969), “Véu de noiva” (1969) e “Assim na terra como no céu” (1970). E exatamente um ano depois, ela brilhou como a personagem Lucinha Esparadrapo na novela “O cafona”.

Logo após interpretar Glorinha em “O primeiro amor” (1972), Djenane foi convidada pela emissora Rede Globo para viver Bebel na primeira temporada de “A grande família”. Na época, ela dividia cena com Jorge Dória, que interpretava o Lineu, Osmar Prado, o Júnior, Eloísa Mafalda, que deu vida a Nenê, Luiz Armando Queiroz, o Tuco, e Paulo Araújo, o Agostinho Carrara.

SIGA-NOS  google news siga-nos

O sucesso era enorme e estrondoso, todos amavam assistir a série, mas mesmo com tanto sucesso a atriz começou a chegar atrasada em absolutamente todas as gravações e por isso desistiu de fazer a segunda temporada, sendo assim substituída por Maria Cristina Nunes.

Na sua última versão a série que foi exibida pela emissora Rede Globo entre os anos 2001 e 2014, Bebel foi interpretada por Guta Stresser. Que até hoje é chamada pelo nome da personagem.

 

Compartilhe isso:

TV MRNews Não perca também: