NOTÍCIAS

"Ela que ganha dinheiro rebolando e mostrando o que não deve", diz vereador de Limeira em crítica à Anitta – Notícia de Limeira

Compartilhe

 Parlamentar disse que “uma pessoa que faz tatuagem no ânus não merece respeito”

 O vereador Nilton Santos (Republicanos) criticou a artista Anitta, usando a tribuna da Câmara Municipal de Limeira. O parlamentar postou hoje (29) em suas redes sociais um vídeo em que ele critica a artista, que no festival Lollapalooza criticou decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre proibir manifestações de cunho político dos artistas no evento.

 A artista que se apresentou no festival, escreveu em suas redes sociais no último domingo (27) menosprezando a liminar que havia proibido manifestações políticas no evento, já que artistas se manifestaram contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). “50 mil? Poxa… Menos uma bolsa. Fora Bolsonaro. Essa lei vale até fora do País? Porque meus festivais são só internacionais”, escreveu a cantora.

 Em Limeira, o vereador Nilton Santos se manifestou. “Eu tenho o seguinte pensamento: uma pessoa que faz uma tatuagem no ânus e mostra na internet, insinuando e mostrando pra que todo mundo acompanhe, não merece um pingo de respeito. E digo mais: ela que ganha dinheiro rebolando e mostrando o que não deve, deveria pegar esses R$ 50 mil e doar para aquele senhor que levou um soco na boca semana passada por um assaltante, ele tem três crianças e não tem nem o que comer dentro de casa. Pra que ele pudesse arrumar o maxilar dele ou então comprar de cesta básica e fazer como as igrejas fazem, ajudar as comunidades, seria muito mais bonito do que ela enfrentar um presidente que bota respeito… porque ‘cê’ pode não gostar dele, ‘cê’ pode não gostar do jeito dele, mais ele não rouba, ele é honesto e ele é verdadeiro e quem não é honesto, quem não é verdadeiro, não gosta da verdade, então quando se fala a verdade, realmente é uma afronta pra quem não quer ouvir.”, disse.

 O ministro Raul Araújo, do TSE, revogou sua própria decisão que impedia manifestação de artistas no festival Lollapalooza. O despacho foi feito após o PL, partido propositor da ação, desistir do processo ontem (28). (Cauê Pixitelli)

 Foto: reprodução redes sociais

Compartilhe

Comentários

comentários