NOTÍCIAS

Em cerimônia na Câmara de Limeira, vereadoras falam de conquistas e desafios para as mulheres – Notícia de Limeira

Compartilhe

 Presidência da Câmara promoveu café da manhã para servidoras e parlamentares

 Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, nesta terça-feira, 8 de março, a Presidência da Câmara Municipal de Limeira promoveu um café da manhã em homenagem às mulheres da Casa – vereadoras e servidoras, no Plenário Vereador Vitório Bortolan. A cerimônia contou com a presença de todas as parlamentares – Constância Félix (PDT), Isabelly Carvalho (PT), Lu Bogo (PL), Mariana Calsa (PL), Tatiane Lopes (Podemos) e Terezinha da Santa Casa (PL), além do presidente Sidney Pascotto, Lemão da Jeová Rafá (PSC), e outros vereadores.

 A procuradora Especial da Mulher em Limeira, vereadora Mariana Calsa, falou que a data é importante para rememorar as conquistas das mulheres ao longo do tempo, mas uma oportunidade também para refletir e impedir retrocessos. “O dia 8 de março não é uma data para se comemorar, mas uma data para refletirmos. Uma data para a gente refletir nas dores que as mulheres passaram pra chegarmos nos avanços de hoje. Dia de agradecer e lembrar da luta de todas que vieram antes de nós. Nós avançamos, mas há muito o que fazer. Ainda ganhamos menos que os homens, acumulamos trabalhos domésticos, faltamos às aulas por falta de absorvente e somos violentadas ou mortas simplesmente por sermos quem somos. Podemos comemorar os avanços, mas fiquemos atentas aos retrocessos, eles não serão admitidos”, disse

 A vice-presidente da Câmara e primeira-procuradora adjunta, vereadora Lu Bogo, também resgatou as lutas para as conquistas femininas. “Temos que agradecer todas as mulheres do passado. Todos os direitos que nós temos hoje foi graças às mulheres que lutaram bravamente, mas nós ainda temos muito a conquistar”, reconheceu. “É com a nossa força e energia e a união das mulheres que a gente vai conquistar cada dia.”

 Já a segunda-procuradora adjunta, vereadora Terezinha da Santa Casa, lembrou sua trajetória profissional como a primeira mulher a liderar a área da saúde no Estado de São Paulo, quando assumiu o Hospital Santa Casa, bem como as dificuldades e desafios que essa tarefa impôs. “A mulher nunca para de lutar e não podemos deixar que sejamos discriminadas”, defendeu.

 Quinta-procuradora adjunta, a vereadora Constância Félix também aproveitou a data para recordar sua experiência na vida política como ex-deputada estadual e ex-primeira-dama. “Hoje é uma data de muita reflexão, isso porque nós mulheres para sermos ouvidas temos que gritar”, explicou. “O processo de mudança está acontecendo, mas é muito lento”.

 Por sua vez, a quarta-procuradora adjunta, vereadora Isabelly Carvalho, ressaltou as peculiaridades do Dia Internacional da Mulher para cada mulher. “Compreendemos cada uma o dia 8 de março a partir de sua visão de mundo e esse dia, para mim, é um dia de muita luta”, falou. A parlamentar relatou ainda que a data lembra uma greve de mulheres que resultou em mortes e, por fim, recordou um crime de grande repercussão nacional que aconteceu em 2017 – o assassinato da travesti Dandara dos Santos, em Fortaleza (CE).

 A terceira-procuradora adjunta, vereadora Tatiane Lopes, advertiu sobre as dificuldades que as mulheres passam no dia a dia, como assédios nas ruas e nos transportes coletivos. “Esse é um problema que todas nós passamos, mas muitas vezes isso se torna normal. Nosso lugar é onde a gente quiser estar”, disse. “Considero o dia 8 de março um dia mais de reflexão do que de comemoração. Temos que nos espelhar nas mulheres fortes.”

 O presidente da Câmara, Sidney Pascotto, destacou a importância da data e os avanços em Limeira. “A Câmara Municipal de Limeira é uma das Câmaras que têm mais mulheres com mandato”, declarou. (Da redação portal Notícia de Limeira)

Compartilhe

Comentários

comentários